Cinco motivos para você assistir a Jane the Virgin ainda hoje!

Há alguns meses, fiz um post aqui no blog sobre seriados que ainda queria muito assistir na Netflix, principalmente por ainda estarem no começo e não ter 1001 temporadas para assistir (alô, Grey’s!). Entre elas (e talvez a que eu estava mais ansiosa para assistir) estava Jane the Virgin, a série latino-americana que andou conquistando muitos corações por aí. Ainda não consegue entender muito bem o por quê? Bem, é para isso que estamos aqui.

O enredo é digno de uma novela mexicana! Jane the Virgin é uma série que traz muito do México, já que a família de Jane tem origem mexicana e a cultura, língua e costumes aparecem constantemente no seriado, além das telenovelas. Aliás, se existe alguém que pode dizer ‘minha vida parece uma novela mexicana’, bem, essa pessoa é Jane Gloriana Villanueva. Ela é uma garota de 22 anos que prometeu a si mesma que casaria ainda virgem. Trabalhando num hotel em Miami, namorando com um cara legal e com o sonho de ser uma grande escritora, tudo muda quando, num procedimento trocado de sua médica, ela acabou sendo inseminada artificialmente e engravidando. O pai da criança? Ninguém menos que o seu chefe e dono do hotel, Rafael Solano (suspiros).

Resultado de imagem para jane the virgin

Jane não é estereotipada, e essa é uma das melhores coisas da série! A maravilhosa Gina Rodriguez é quem interpreta a Jane e essa foi uma das melhores escolhas que a produção da série poderia ter feito. É que ela não segue um estereotipo como algumas séries: Gina é baixinha, tem corpão e representa muito bem o jeito da mulher latino-americana. Além disso, é determinada como ninguém para conseguir as coisas que quer sem ter que sair pisando em cima de todo mundo. O jeitinho fofo e certinho dela vai te conquistar ainda nos primeiros episódios, com certeza!

Resultado de imagem para jane the virgin family

A relação de Jane com a família é muito forte. Acho que ainda estou no clima de Gilmore Girls, mas Jane the Virgin também traz essa conexão forte entre personagem-família. Jane foi criada pela avó e pela mãe, que a teve com 16 anos de idade, e o sentimento entre as três é sempre de muita cumplicidade, honestidade e confiança. Sem contar que o girl power corre na veia da família Villanueva!

Resultado de imagem para jane the virgin

O narrador e o jeito que a série é construída são questões que vão te viciar rapidinho. Prepare-se para muitas emoções e revelações bombásticas! Veja, não é porque a série é de comédia que a graça feita em cima dela fica esperando pelo “ba dum tss” no fundo. Não mesmo. Aqui, os personagens são inusitados, bem desenvolvidos e colocados em situações inesperadas, e é aí que a graça da série acontece. A presença de um narrador que acompanha Jane desde a infância até o momento atual, com vários flashbacks e pensamentos, é um dos motivos de transformar Jane the Virgin numa comédia diferentona. Afinal, existe algo mais estranho que uma virgem grávida?

Resultado de imagem para jane the virgin

O estilo dos personagens é simplesmente <3. HÁ, achou que eu não ia comentar sobre o vestuário, né? Tarde demais porque o estilo criado em cima de cada um é único e maravilhoso. Por exemplo, a mãe de Jane, Xiomara (interpretada pela Andrea Navedo), sonha em ser cantora profissional e dá aulas de dança, então está sempre com alguma peça extravagante, brilhante e que chame atenção, principalmente acompanhando seu humor divertido e alegre. Jane está sempre de vestidos fofos e com estampas floridas, com casaquinhos básicos e um estilo bem praiano – considerando que a série se passa em Miami.

E aí, depois de tudo isso, ainda vai dar mole e perder um programão desse nesse final de semana? Começa hoje mesmo! A primeira temporada inteira já está disponível na Netflix, mas a segunda e a terceira devem entrar daqui a alguns meses, já que a terceira acabou agora em maio na tevê americana. Aproveitem!

 

Anúncios

2 comentários sobre “Cinco motivos para você assistir a Jane the Virgin ainda hoje!

  1. Lente Cultural disse:

    Adoro essa série e estou na metade da primeira temporada ainda. Não consegui continuar assistindo porque o site online que eu tinha acesso nenhum player funciona direito e outros sites vivem com vírus, então desisti de procurar. Mas vou aderir a oferta da Netflix de 30 dias grátis e colocar todas, ou melhor vou tentar colocar todas as séries que estou em atraso. Maratona rsrs. Talvez eu assine Netflix, vou experimentar e decidir depois.
    Não sei se você tem costume de acompanhar as premiações. Quando a Gina ganhou o Emmy ano passado foi lindo o discurso dela, estava linda com vestido preto básico. Ela é muito carismática, aliás maior acerto na escolha de protagonista pra séries nos últimos tempos.

    Beijos 😀

    Curtido por 1 pessoa

    • juliaazambuja disse:

      Eu conhecia muito pouco do trabalho da Gina antes de começar a ver Jane the Virgin – e isso foi, tipo, semana passada? – mas já andei pesquisando e lembro dela nas premiações, sim! Sempre muito linda, carismática e fofa – e é isso que eu também adoro na série? Dá pra ver muito desse jeitinho dela na Jane, pelo menos eu consigo ver tanto e me apaixonar por ela a cada episódio!!!
      E experimenta Netflix, sim!!! Agora eles estão colocando filmes diretos de Hollywood em até 45 dias depois do lançamento, estou esperando por La La Land mais que tudo!!
      Beijinhos!

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s